• Facebook
  • Twitter

NOTÍCIAS

15/03/2021

ESPOSA SE ARREPENDE DE USAR O NOME DE CASADA E VOLTA A USAR O NOME DE SOLTEIRA DURANTE O CASAMENTO

O Superior Tribunal de Justiça decidiu que uma esposa que se arrependeu de adotar o sobrenome do marido poderá retificar o registro civil para voltar a usar o nome de solteira ainda na constância do casamento. A autora da ação alegou que a adoção do sobrenome gerou abalos psicológicos e emocionais, além de aludir que seus últimos familiares que levam o patronímico se encontram com a saúde fortemente debilitada. A decisão favorável à esposa levou em conta o significado de recordação familiar, tradição e a perpetuação de herança familiar que o sobrenome carrega.  #direitodefamilia #advogadadefamilia #barcelosecardosoadvocacia



OUTRAS NOTÍCIAS