• Facebook
  • Twitter

NOTÍCIAS

15/11/2021

DEPILAÇÃO A LASER: MULHER SOFRE QUEIMADURAS E RECEBE INDENIZAÇÃO DE 30 MIL

Uma consumidora que realizou o procedimento estético de depilação a laser teve lesões permanentes nas pernas e recebeu R$ 30 mil de indenização. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aumentou a indenização que em 1º Grau foi de R$ 15 mil. No processo, a mulher relatou que durante o procedimento sofreu um desconforto e queimação fora do comum.  Naquele momento a profissional a tranquilizou dizendo que aquilo era normal. Ocorre que o quadro piorou e ela passou por um processo de cicatrização de queimadura ficando com cicatrizes permanentes. A mulher expôs que as cicatrizes a impediam de usar roupas mais curtas ou ir à praia. O Tribunal destacou que as fotografias evidenciavam a ocorrência de dano estético "significativo e persistente”, por isso perfeitamente cabível o dano.#barcelosecardosoadvocacia



OUTRAS NOTÍCIAS